Professora Robô no Japão


Professores do ensino elementar cuidado, o Japão está tentando fazer vocês obsoletos! Em lugar de uma pessoa real de carne e sangue, uma classe primária em Tóquio está recebendo um robô nomeado professora Saya.

Saya tem 18 motores escondidos atrás dela, com látex no rosto que pode ajudá-la a expressar emoções. Ela pode também falar línguas diferentes, realizar chamadas dos alunos e definir as tarefas para os seus alunos.

Aparentemente, Saya levou 15 anos para o professor de ciência Hiroshi Kobayashi criar. Ela é um dos vários robôs sendo concebido para assumir empregos humanos no Japão, não só para professores mas para recepcionistas também, um esforço para ter mão de obra mais barata onde a população japonesa envelhece.


2 comentários:

victor disse...

Muito estranho isso, será que dá certo? Abraços

Hydro disse...

Victor,

já vi alguns videos deles testando uma robo recepcionista na Russia, só no futuro saberemos se isso vai dar certo!...

valeu pela visita
Abracos